MEMORIAS DO SUS QUE DÁ CERTO

 Memórias do SUS que dá certo

             A Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão do SUS (PNH), instituída em 2003 pelo Ministério da Saúde, foi formulada a partir do reconhecimento e sistematização de experiências concretas de estados e municípios que apontam para um "SUS que dá certo", tais como: rede de atenção pública de saúde presente nos territórios; inovações na organização e oferta das práticas de saúde, articulando ações de promoção e de prevenção com ações de tratamento e reabilitação; instâncias de gestão participativa e cogestão trabalhadores, gestores e usuários; fortalecimento do processo de descentralização; entre outros (Brasil, 2008).
           O Projeto Memória do "SUS que dá certo": visa registrar em arquivo e divulgar toda prática já realizada que tenha como proposta produzir novas formas de fazer saúde comprometidas com a defesa da vida e ampliação da autonomia dos sujeitos individuais e coletivos com a intenção de valorizar o sistema de saúde junto à sociedade (BRASIL, 2010).
           Visando a efetivação deste projeto, a Coordenação de Gestão Participativa e Humanização do SUS está catalogando experiências exitosas que potencializam o acesso e assistência de qualidade através dos projetos criativos de profissionais comprometidos com ações de qualidade que assegurem o “SUS que dá certo”.